DOENÇA CÁRIE [PERGUNTAS & RESPOSTAS]

Cárie dental1 - Matheus FelterUma grande preocupação dos pais é se seus filhos têm ou não alguma cárie nos dentes.

Eles já sabem as consequências que ela pode causar, pois viram seus pais e avós sentirem dor, ficarem desdentados e precisarem passar por extensos tratamentos odontológicos.

Entretanto, hoje já sabemos que é possível identificar e prevenir o desenvolvimento de lesões cariosas bastante cedo. Antes que elas se tornem problemas mais graves.

Por este motivo, para ajudar você a se cuidar e proteger quem você mais ama, trouxemos as respostas para as principais dúvidas das pessoas quando o assunto é cárie dental.

  • Será que eu tenho alguma cárie nos dentes?
  • O que causa e como prevenir as cáries?
  • Meus dentes podem doer se eu não tratar minhas cáries agora?
  • Quero tratar minhas cáries e prevenir que elas voltem. E agora?

 

SERÁ QUE EU TENHO ALGUMA CÁRIE NOS DENTES?

A cárie dental pode ser diagnosticada, em seus estágios mais iniciais, por meio da avaliação odontológica, seja ela clínica ou através de exames radiográficos.

Exceto quando um dente já está bastante destruído e escurecido – com aspecto que muitas pessoas chamam de “dente podre” – dificilmente uma lesão cariosa pode ser identificada em casa.

Este já seria um estágio avançado, quando a solução do problema envolve mais visitas ao dentista e maiores custos para o seu bolso.

Por que boa parte das pessoas não dá mais atenção à prevenção ao invés de deixar chegar nesse ponto?

Enquanto não estão vendo claramente que existe algo errado, a maioria não busca atendimento odontológico, mesmo sabendo que é possível prevenir.

 

O QUE CAUSA E COMO PREVENIR AS CÁRIES?

Nenhuma cárie surge do dia para a noite.

Leva um tempo até que ela se desenvolva, dependendo de vários fatores, tais como:

  • Se você realiza a higiene bucal de forma regular e correta;
  • Se você ingere alimentos açucarados com frequência ou não;
  • Se seus dentes são naturalmente mais suscetíveis à cárie ou não;
  • Se sua saliva é capaz de ajudar na proteção dos dentes.

Toda vez que você cuida de um destes fatores, menores serão as chances de surgir qualquer lesão de cárie em sua boca.

Claro, como você percebeu, não dá pra fazer nada em relação a alguns deles.

Mas é sempre possível fazer algo em relação à escovação, uso do fio dental e controle da dieta.

Para saber mais sobre a influência da  alimentação na doença cárie, recomendo a leitura de um texto escrito pela nutricionista Dra. Daniella Brito (clique aqui!)

 

MEUS DENTES PODEM DOER SE EU NÃO TRATAR MINHAS CÁRIES AGORA?

Podem sim.

Não é para soar em um tom assustador ou algo assim.

Essa é simplesmente a resposta verdadeira.

Vamos entender?

Os dentes possuem três camadas: esmalte, dentina e polpa. O esmalte você não sente, pois ele não possui terminações nervosas. Mas a dentina e a polpa sim.

Quando uma lesão cariosa alcança a dentina, é comum a pessoa começar a sentir sensibilidade no dente cariado.

Se a cárie chega até a polpa, popularmente conhecida como “nervo do dente”, existe uma boa chance de que aconteça a famosa “dor de dente”.

 

QUERO TRATAR MINHAS CÁRIES E PREVENIR QUE ELAS VOLTEM. E AGORA?

🆙 Esta publicação possui caráter educativo e não substitui a consulta odontológica. Os riscos e limitações do seu tratamento devem ser avaliados em consultório. 🆙

😊 Se tiver mais dúvidas, entre em contato e agende sua consulta! 👈

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *