O QUE A SUA ALIMENTAÇÃO TEM A VER COM A SAÚDE DOS DENTES E DA BOCA? (TEXTO ESCRITO PELA NUTRICIONISTA DRA. DANIELLA BRITO)

Nutrição e Odontologia1

Nutrição e Odontologia. Você vê alguma correlação entre essas duas áreas?

Se não, vamos primeiro abrir sua mente.

A nutrição está diretamente relacionada à odontologia, ou seja, sua alimentação está ligada a sua saúde bucal.

Quando você ingere um alimento, o primeiro lugar aonde ele vai começar a ser digerido é a boca. E o último por onde ele vai passar é o seu intestino.

Por isso, a partir de agora, comece a pensar sempre que o seu corpo é um organismo como um todo. Nada está isolado.

 

O CONSUMO DE AÇÚCARES E A CÁRIE DENTAL

Que tal falarmos da correlação mais comum que temos, e uma das mais importantes entre a nutrição e a odontologia? A alimentação e a cárie dental?

O processo da doença cárie envolve tanto fatores alimentares e biológicos quanto microbiológicos, ácidos e a utilização de flúor.

Quando ocorre desequilíbrio entre estes fatores, podem surgir cáries nos dentes.

Diversas pesquisas mostram que a ingestão de açúcares aumenta, e muito, o risco do desenvolvimento de cáries, sendo considerado fator de alto peso nesta questão.

O assunto é tão importante que a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou recomendações para a ingestão de açúcares em adultos e crianças.

O objetivo deles foi reduzir os riscos de doenças não transmissíveis, com foco na prevenção, controle de ganho de peso e tratamento odontológico contra cárie.

A OMS reconheceu que as doenças dentárias são as mais comuns em todo o mundo e que o seu tratamento é caro.

Portanto, a adesão às recomendações supera as conseqüências indesejáveis.

Eles recomendam o consumo reduzido de açúcares durante todo o ciclo da vida.

Em adultos, a recomendação é para menos de 5%  de consumo de açúcar livre, quando comparado ao consumo total de energia diário.

Cão, alimentação, cárie

Estudos feitos em países de baixa renda mostraram que a cárie era muito incomum antes das pessoas consumirem açúcares refinados e/ou produtos alimentícios acrescidos de açúcares e seus derivados.

Existe uma correlação positiva entre o aparecimento de lesões cariosas na bocas e a ingestão de alimentos contendo amidos (carboidrato de rápida digestão), tais como: batata frita, tortilhas, bolachas ou salgadinhos.

Por outro lado, diferentemente desses produtos industrializados, alimentos cozidos na sua forma natural, como arroz e batata, possuem baixa cariogenicidade, isso é, uma baixa capacidade de causar a doença cárie.

 

CONCLUSÃO

Se você chegou até o final deste artigo, parabéns! Tenho certeza de que é uma pessoa que se cuida e se preocupa também com aqueles que ama!

Para te ajudar a conversar sobre isso com eles, deixo aqui um resumo do que é mais importante você saber sobre tudo o que conversamos:

  • A cariogenicidade de alimentos contendo carboidratos, mas que são naturais, como o arroz e a batata, é baixa;
  • A ingestão de produtos com carboidratos, mas que sejam industrializados, podem induzir o surgimento da cárie dentária;
  • A adição de açúcares em refeições contendo amido, aumenta a cariogenicidade;
  • O consumo de açúcares livres (adicionado ao café, sucos, sobremesas, doces e etc) é causa direta para o aparecimento de cáries.

Diante do que vimos, a moderação é sempre essencial.

Se você quiser comer um doce contendo açúcar ou tomar um suco, café e etc., o ideal é não exagerar e, sempre, higienizar a boca da forma correta depois.

Assim, estará evitando o ganho de peso e o aparecimento de cáries.

*Este texto foi escrito pela Dra. Daniella Brito (Nutricionista). 

Instagram - Matheus Felter @nutricionistadaniellabrito
Facebook - Matheus Felter Nutricionista Daniella Brito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *